Palma Forrageira

Cultivares Miúda, Gigante, IPA 20, Orelha de Elefante Mexicana, Copena, Orelha de Onça, Redonda

palma forrageira para produção de forragem para pecuaria

Descrição

A palma forrageira pertence a família das Cactaceas, constituída de várias espécies adaptadas às condições de longos períodos de estiagem. 

A palma forrageira se caracteriza por apresentar alta eficiência no uso de água e boa produção de matéria verde e seca, constituindo importante reserva forrageira para regiões secas e semiáridas. 

A produtividade varia entre cultivares, espaçamento de plantio, fertilidade do solo e local, sendo que o teor médio de matéria seca se situa em torno de 10% e a produção de matéria verde varia de 200 a 300 t/ha a cada dois anos.

Plantio e Manejo

O cultivo da palma forrageira deve ser realizado em solos com boa fertilidade e sem risco de encharcamento. 

O bom desempenho produtivo depende das condições ambientais, sendo ideais precipitação entre 400 e 800 mm anuais, umidade relativa acima de 40% e temperatura média diurna/noturna de 25 a 15 ºC.

O plantio deve ser realizado antes do início do período chuvoso visando evitar o apodrecimento dos cladódios, também chamados de raquete ou “folha”. 

O uso de plantio adensado (espaçamentos de 1,0 x 0,25 m e/ou 1,0 x 0,5 m) promove maior produtividade, enquanto o cultivo em fileiras duplas (3,0 x 1,0 x 0,5 m) possibilita o plantio intercalar de outra cultura. 

A colheita se processa a cada dois anos.

Vantagens

Restrições

A palma forrageira deve ser fornecida juntamente com outras fontes de proteína e de fibras (capim picado verde, feno, silagem e outros) visando aumentar o teor proteico da dieta e evitar a ocorrência de diarreia. 

A cochonilha do carmim constitui a principal praga da cultura, sendo que as cultivares Miúda e Orelha de Elefante Mexicana são consideradas resistentes.

Fonte: Catálogo de forrageiras recomendadas pela Embrapa

Para download do catálogo, clique em um dos botões abaixo:

catalogo de forrageira recomendadas pela embrapa

Este catálogo apresenta informações básicas sobre as forrageiras que fazem parte da Unidade Demonstrativa – Vitrine de Forrageiras Recomendadas pela Embrapa. A Vitrine reúne as principais forrageiras tropicais indicadas para produção de leite e carne, considerando adaptação ambiental e formas de utilização. O catálogo não pretende esgotar as informações sobre cada cultivar, mas apenas servir de guia para demonstração das forrageiras aos produtores e técnicos em visita à Vitrine de Forrageiras.

Aquisição de Mudas

Não existem produtores de mudas cadastrados.
Informações: www.embrapa.br/fale-conosco/sac

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *