Cana de Açúcar

Cultivares RB 86 7515, SP 80 3280, SP 79 2233, RB 73 9735, CB 47 355

Muda Pré Brotada de Cana para plantio de canavial e alimentação de bovinos de leite

Descrição

A cana-de-açúcar é uma forragem rica em fibra e energia, sendo recomendada para suplementar a deficiência de forragem no pasto, principalmente durante o período da seca. 

Assim, o uso da cana + ureia constitui uma estratégia de suplementação volumosa de bom valor nutritivo e de baixo custo, podendo ser implementada na maioria das propriedades.

Recomenda-se o cultivo de variedades de ciclos diferentes (médio e tardio) visando obter boa disponibilidade de forragem rica em açúcar durante todo o período de utilização.

Plantio e Manejo

Usar variedades de cana-de-açúcar produtivas, com altos teores de açúcar; 

Efetuar a picagem da cana de açúcar no momento de fornecer aos animais; 

Acrescentar à cana picada uma mistura de ureia + sulfato de amônio (9:1) dissolvida em água; 

A adição da mistura deverá observar um período de adaptação dos animais por uma semana, iniciando com 0,5% (100 kg de cana e 0,5 kg da mistura); 

A partir da segunda semana aumentar a proporção da mistura para 1%; depois do período de adaptação,

Fornecer a mistura cana de açúcar + ureia à vontade; 

Eliminar sobras de forragem do dia anterior; 

Manter água e sal mineral à disposição dos animais; 

Fornecer concentrado em função do nível de produção de leite ou ganhos de peso desejado.

A adição de uma fonte de enxofre (sulfato de amônio) melhora a síntese de proteína microbiana no rúmen, levando a melhor desempenho animal. 

A suplementação com um sal mineral de boa qualidade é indispensável para dietas baseadas em cana-de-açúcar. 

O sistema de alimentação cana-de-açúcar enriquecida com ureia e enxofre pode ser usado para gado de leite ou corte, em confinamento ou a pasto, durante o período seco do ano, com fornecimento de concentrado ou não, dependendo do nível de produção de leite ou ganho de peso esperado.

Vantagens

  • Cultura de fácil implantação e manejo;
  • Boa aceitação pelos animais;
  • Colheita coincide com o período seco do ano e com a falta de forragem no pasto, 1 ha de cana-de-açúcar produz forragem para suplementar 50 vacas na época seca.

Restrições

Baixo teor de proteína bruta e minerais (fósforo, enxofre, zinco e manganês); 

Fibra de baixa digestibilidade o que limita parcialmente a quantidade consumida, tornando-a recomendada para animais até 16-18 kg de leite por dia; 

Exige adaptação dos animais. Caso o fornecimento da mistura seja interrompido por mais de um dia, os animais deverão passar por novo período de adaptação (7 dias); 

A utilização inadequada da mistura cana + ureia + sulfato de amônio, poderá levar à intoxicação e à morte de animais.

Fonte: Catálogo de forrageiras recomendadas pela Embrapa

Para download do catálogo, clique em um dos botões abaixo:

catalogo de forrageira recomendadas pela embrapa

Este catálogo apresenta informações básicas sobre as forrageiras que fazem parte da Unidade Demonstrativa – Vitrine de Forrageiras Recomendadas pela Embrapa. A Vitrine reúne as principais forrageiras tropicais indicadas para produção de leite e carne, considerando adaptação ambiental e formas de utilização. O catálogo não pretende esgotar as informações sobre cada cultivar, mas apenas servir de guia para demonstração das forrageiras aos produtores e técnicos em visita à Vitrine de Forrageiras.

Aquisição de Mudas

Adquirir mudas em produtores autorizados.
Informações: www.embrapa.br/fale-conosco/sac

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *